Álbum introspectivo e triste feito por Simonal em 1975 ganha edição digital - Melody FM 94.1 - Ribeirão Preto/SP  
ouça a Melody:
Ouça pela Internet
Ouça em seu Android
Ouça em seu dispositivo Apple
acompanhe a Melody 94.1
Siga no Twitter
Perfil no Facebook
Instagram Melody 94.1

Álbum introspectivo e triste feito por Simonal em 1975 ganha edição digital

13/02/2017

Em 1975, o cantor carioca Wilson Simonal (1938 – 2000) não tinha motivo para sorrir e tampouco para expressar a alegria esfuziante que pautou a discografia do artista na áurea década de 1960. Isolado no meio artístico, por conta da acusação (nunca comprovada oficialmente) de ser dedo-duro dos colegas que lutavam contra os desmandos do governo militar instaurado à força no Brasil em 1964, Simonal conseguiu gravar naquele ano de 1975 um álbum mais introspectivo e por vezes até tristonho, efeito da solidão amargada pelo cantor na época. Intitulado Ninguém proíbe o amor e lançado originalmente pela gravadora RCA Victor, esse álbum chega às plataformas digitais neste mês de fevereiro de 2017, 42 anos após a edição original, com a mesma capa e com as mesmas dez músicas do LP de 1975.

Ninguém proíbe o amor é um disco com toques de soul, mas que abre e fecha com sambas – Escola em luto (Jota Velloso e Andó, 1975) e Cordão (Chico Buarque, 1971) – que traduziam o desanimado estado de espírito do artista na época. No disco, pautado por tons menores, Simonal deu voz (então ainda em forma) a músicas como Da cor do pecado (Bororó, 1939), Sabe você (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes, 1964) e Sozinha (Lupicínio Rodrigues, 1972).

Recebido com silêncio por público e mídia, o álbum Ninguém proíbe o amor foi um dos últimos bons discos feitos por Simonal antes de o cantor ser progressivamente expelido do mercado fonográfico brasileiro a partir da década de 1980, quando passou a gravar por selos menores. Ninguém proíbe o amor exprimiu o desalento de um artista que se considerava injustiçado pelo público e pelo meio artístico, mas ninguém quis ouvir...

(Crédito da foto: capa do álbum Ninguém proíbe o amor, de Wilson Simonal)

fonte: G1 Música

Voltar

 



Melody FM 94.1 - Ribeirão Preto

 

Av. Nove de Julho, 600
Higienópolis
Ribeirão Preto-SP
cep: 14.025-000
Fone: (16) 2101-3500

Acompanhe a Melody no twitter
Nosso perfil no Facebook
Instagram Melody 94.1
Todos os direitos reservados - Sistema Clube de Comunicação © 2017